Síndrome de Asperger – O que é?



Aspergers

O que é:

O nome “Asperger“, vem de seu primeiro estudioso, Hans Asperger, psiquiatra e pediatra austríaco. Apesar de seus estudos terem sido iniciados muito antes, somente em 1994 a síndrome foi incluída no DSM (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais). Era então uma síndrome relacionada ao Autismo, mas diferenciada do mesmo.

Em 2013 porém, o DSM passou a classificar a Síndrome de Asperger como uma “variação” integrante do TEA (Transtornos do Espectro Autista). Pode-se dizer então que passou a ser considerada como uma forma mais “branda” do Autismo, já que dentro do TEA, o Autismo é classificado de acordo com graus de comprometimento.

Características:

As características são semelhantes a todos os transtornos que compõem o TEA, variando apenas em grau de intensidade: dificuldade na comunicação e interação social e os comportamentos repetitivos (estereotipados). Há alguns estudos a respeito do QI de pessoas com a Síndrome de Asperger, sugerindo que eles poderiam apresentar índices acima do normal, porém ainda muito deve ser pesquisado.

Seguindo a orientação do DSM V, o diagnóstico deve ser feito seguindo dois grupos de observação:

  • Dificuldade na comunicação e interação social: déficit nas interações sociais, déficit na comunicação e comportamentos não-verbais, dificuldade de desenvolver e/ou manter relacionamentos;
  • Presença de padrão repetitivo e restritivo de atividades, interesses e comportamentos: estereotipias (comportamentos ou falas repetitivas), insistência no mesmo, fixação em rotinas, interesses restritos e/ou incomuns, hiper/hipo reatividade (reação exagerada ou falta de reação) a estímulos sensoriais.

De acordo com o grau de intensidade das características observadas acima (quando presentes), será classificado o transtorno respectivo dentro do TEA.

Fonte:

DSM-V (Manual Diagnóstico e Estatístico de Transtornos Mentais)
OBS.: Todo o conteúdo desta e de outras publicações deste site tem função informativa e não terapêutica.

***

Gostou deste conteúdo?

Compartilhe utilizando um dos botões abaixo!
Cadastre-se também na opção à sua direita “Seguir Psicologia Acessível” e receba os posts em seu e-mail!


10516729_1448233238791949_8127215912485502492_n


Sobre a autora:

Ane Caroline Janiro – Psicóloga clínica, idealizadora e editora deste blog.
CRP: 06/119556

18 opiniões sobre “Síndrome de Asperger – O que é?”

    1. Olá Josirene, seguindo a sua sugestão, vamos tentar abordar mais este tema nos próximos dias, quem sabe com um vídeo didático então! :)
      Em relação ao diagnóstico, é uma avaliação feita por um profissional de saúde mental (ou mais de um, em conjunto). Na dúvida, procure um psicólogo, psiquiatra, neurologista, neuropsicólogo ou neuropediatra e eles com certeza irão auxiliar.
      Muito obrigada pelo retorno positivo!! Abraços!

      Curtir

    1. Olá Sissi! O melhor mesmo é você procurar pessoalmente a orientação de um profissional de saúde mental aí por perto (psicólogo, psiquiatra, neurologista, neuropsicólogo…). Ele poderá inclusive te ajudar a lidar com possíveis resistências de seu filho em aceitar ajuda e, fazer uma avaliação específica para o caso dele, tudo bem?
      Grande abraço!!

      Curtir

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s