Psicologia e Cirurgia Bariátrica – Qual a Relação?


Como é a atuação do Psicólogo no processo de Redução de Estômago e emagrecimento?

saude-da-mulher_f_009

Foto: Google

A Cirurgia Bariátrica e Metabólica, conhecida popularmente por Redução de Estômago ou Cirurgia da Obesidade, é um conjunto de técnicas com fundamento científico que visam ao tratamento da obesidade e demais doenças relacionadas ao excesso de gordura corporal.

Antes de realizar efetivamente a cirurgia bariátrica, o paciente é submetido a uma série de avaliações que envolvem diferentes profissionais (equipe multidisciplinar), além do gastroenterologista, como: nutricionista, cirurgião cardiologista, psiquiatra e psicólogo.

Neste sentido, o psicólogo terá um papel fundamental na avaliação das condições emocionais do paciente para passar por este processo, levando em conta ainda todas as mudanças que ele enfrentará no pós-operatório.

Devemos entender que o paciente que chega ao momento de uma cirurgia bariátrica, já traz consigo um histórico relacionado à obesidade, provavelmente envolvendo tentativas de emagrecimento às vezes frustradas, dificuldades em seu cotidiano ligadas ao excesso de peso, possíveis doenças associadas, pressão social, entre outros fatores. Tudo isso envolve certo estresse, acompanhado de expectativas e ansiedade pela realização de um procedimento cirúrgico e também frente às mudanças idealizadas pelo paciente após esta intervenção. Assim, o trabalho do Psicólogo na avaliação deste paciente se inicia e deve considerar certos fatores:

  • História clínica do paciente: estilo de vida, hábitos, comportamentos, relacionamentos, sentimentos, pensamentos, atividades;
  • Investigar sobre início da obesidade: quais são os padrões familiares, como o paciente lida com a doença, quais e quantas foram as tentativas para emagrecer, qual a influência e os prejuízos da obesidade em sua rotina, quais os casos de obesidade na família, como está sua autoestima e sua imagem corporal, estado de humor, qualidade de sono, vida social e profissional, quais as suas expectativas e idealizações quanto ao procedimento cirúrgico;
  • Verificar a existência de compulsões, crises de ansiedade, fantasias acerca do emagrecimento, possível existência de algum transtorno alimentar, níveis de estresse, ansiedade, depressão. Capacidade do enfrentamento de estresse e tensão, além de outros aspectos psicossociais que possam comprometer os resultados;
  • Verificar a possível presença de transtornos mais graves que possam inviabilizar o procedimento cirúrgico;
  • Investigar a disponibilidade do paciente para mudanças de hábitos e padrões de vida permanentes após a realização da cirurgia, como: mudanças na alimentação, práticas regulares de exercícios físicos e demais alterações que se façam necessárias em cada caso.

Ainda, o trabalho do Psicólogo não se limita apenas à avaliação pré-operatória, já que, quando for necessário, o paciente poderá ser encaminhado para um acompanhamento anterior à cirurgia, podendo ser estendido até o pós-operatório, o que é tão importante quanto a avaliação por si só.

No caso do paciente que realiza o acompanhamento psicológico posterior à cirurgia bariátrica, o atendimento será voltado ao processo de adaptação que se iniciará nesta fase, considerando as mudanças no estilo de vida e na alimentação, como já foi dito. E ainda deve-se considerar também certa mudança nos relacionamentos sociais, familiares, profissionais, na autoimagem, na compreensão sobre si mesmo, nas expectativas que o paciente deposita sobre si e sobre seu futuro, dentre outras demandas que podem eventualmente surgir nesta fase.

Para saber mais sobre Cirurgia Bariátrica, acesse o site da Sociedade Brasileira de Cirurgia Bariátrica e Metabólica – SBCBM

Fonte:  Avaliação Psicológica no Contexto da Cirurgia Bariátrica – Orientações aos profissionais

OBS.: Todo o conteúdo desta e de outras publicações deste site tem função informativa e não terapêutica.

***

Gostou deste conteúdo?

Compartilhe utilizando um dos botões abaixo!
Cadastre-se também na opção à sua direita “Seguir Psicologia Acessível” e receba os posts em seu e-mail!


10516729_1448233238791949_8127215912485502492_n


Sobre a autora:

Ane Caroline Janiro – Psicóloga clínica, idealizadora e editora deste blog.
CRP: 06/119556

3 opiniões sobre “Psicologia e Cirurgia Bariátrica – Qual a Relação?”

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s