Vínculo X Rivalidade familiar – Por Flávio Gikovate


“Deixando de lado crenças antigas e idealizações, a grande maioria das famílias sempre esteve envolta em emoções ambivalentes: amores e ódios.

Os vínculos familiares eram tratados como obrigatórios; mesmo existindo tensões, rivalidades e atos invejosos, parentes continuavam juntos.

Os irmãos brigavam durante a infância e, já adultos, muitos continuavam se atritando; mesmo assim eram íntimos e, por vezes, ficavam sócios.

Algo de muito sólido aproximava os membros de uma mesma família; não era raro que desenvolvessem uma espécie de orgulho por fazer parte dela.

Tenho a impressão que a família representava uma “rede de proteção”, uma fonte de segurança para seus membros; e isso se sobrepunha a tudo.

As tensões e rivalidades só cresciam com a chegada de novos membros, os cônjuges e filhos de cada irmão; mas a união do grupo prevalecia.

Apesar da estabilidade dos elos familiares do passado, não convém subestimar seus problemas: ali grassava a inveja, o ciúme e muita maldade.

“Uma mãe pode sentir inveja da própria filha?” Óbvio; e isso não deveria surpreender; nem a rivalidade entre irmãos ou entre pais e filhos.”

Por: Flávio Gikovate
Médico-psiquiatra, psicoterapeuta, conferencista e escritor. Atualmente apresentando o programa “No Divã do Gikovate”, na rádio CBN, e dedicando a maior parte do tempo à clínica.

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


PNG - ONLINE IMAGE EDITOR - Copia.png

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s