Cotidiano e Curiosidades Relacionamentos

O que é o amor senão “importar-se”?

Sinto que é cada vez mais difícil definir o que é amor quando falamos de relacionamentos entre os casais. Parece que o que é amor pra mim, não é pra você, é tudo relativo. Era amor ontem, hoje não é mais. Parece que amor é um assunto um tanto ultrapassado, por vezes banalizado, ou visto como utopia de quem muito sonha e não vive bem a realidade.

Sinto que é cada vez mais difícil definir o que é amor quando falamos de relacionamentos entre os casais. Parece que o que é amor pra mim, não é pra você, é tudo relativo. Era amor ontem, hoje não é mais. Parece que amor é um assunto um tanto ultrapassado, por vezes banalizado, ou visto como utopia de quem muito sonha e não vive bem a realidade.

Eu prefiro continuar pensando que o amor faz sim parte da realidade (e deve fazer). Que mais do que um sentimento romantizado, florido, o amor envolve ações, demonstrações verdadeiras. Envolve o olhar para o outro e compreender as suas necessidades, compreender suas fraquezas, seus silêncios. Envolve o respeito e a admiração. O cuidado, o “importar-se”. Envolve uma escolha, ou mesmo, escolher diariamente. Envolve tempo, dedicação – claro, tudo isso de ambas as partes, caso contrário sim, seria um amor utópico.

Este vídeo abaixo traduz bem esse amor ao qual me refiro, afinal, o que é o amor senão “importar-se”?

Ane Caroline Janiro

“Essa é a história de Bill e Glad, completando 50 anos de casamento e vendo seus votos de matrimônio serem testados na saúde e na doença, nos bons e nos maus tempos. A promessa que eles estão mantendo é um verdadeiro exemplo do que é o amor.”

Vídeo: Canal Legendadus


***

Gostou deste conteúdo? Compartilhe utilizando um dos botões abaixo!
Cadastre-se também na opção à sua direita “Seguir Psicologia Acessível” e receba os posts em seu e-mail!

facebook_like_logo_1  Instagram-logo-full-official  twitter1


10516729_1448233238791949_8127215912485502492_n


Sobre a autora:

Ane Caroline Janiro – Psicóloga clínica, idealizadora e editora deste blog.
CRP: 06/119556

8 comentários

  1. Uauu, muito emocionante o video. Infelizmente nós jovens estamos a perder muitos valores, e não sabemos amar. Espero que este texto e este video nos façam refletir e nos ajudem a amar verdadeira e incondicionalmente.

    Curtir

  2. Achei muito lindo este vídeo…histórias assim nos mostram o quanto falta amor em todos nós.. Precisamos reaprender a amar a cada dia de forma incondicional o nosso próximo..

    Curtir

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s