[Dica de Leitura] “João Agitadão” e um outro olhar sobre “hiperatividade”


Por: Ane Caroline Janiro

Recebi o contato de alguns leitores do blog pelo e-mail e pelas redes sociais, pedindo dicas de leitura para crianças “muito agitadas” ou “hiperativas”.

Mas antes de falar sobre nossa indicação de leitura, gostaria de salientar que é importante ter muito cuidado quando se fala em hiperatividade ou o termo TDAH (Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade). Muitos pais acreditam que pode haver um transtorno com seu filho quando ele demonstra uma agitação ou distração excessiva e vão em busca de um profissional que possa realizar um “diagnóstico” e ajudar a “resolver o problema”.

Entretanto, nem toda agitação infantil é sinal de transtorno, aliás, o comum da infância é que a criança realmente corra, brinque, explore os ambientes e se agite. Quando a família ou a escola percebe que essa agitação passa a interferir de forma negativa e persistente em diferentes áreas de sua vida, como a convivência familiar, o aprendizado e outros, é claro que uma investigação detalhada com o auxílio de profissionais, como psicólogos, é extremamente importante. Ainda assim, porém, esta agitação pode não ser sinal de um transtorno. Muitos fatores podem contribuir para que uma criança se apresente muito agitada e distraída, como problemas familiares, ansiedade perante algum acontecimento, pouca adaptação ao método de ensino oferecido no ambiente escolar, entre outros.

O diagnóstico equivocado de um transtorno acarreta muitas consequências, como medicação desnecessária (o que sempre envolve efeitos adversos), rotulagem da criança, preocupação dos familiares e da própria criança, etc.

Este livro, que é nossa dica de leitura de hoje, traz a hiperatividade com um olhar positivo, que busca não rotular a criança e a tratar este assunto de forma mais leve.

Veja a sinopse de “João Agitadão”:

“Lia de Paula Moraes, psicóloga clínica, atuando há mais de vinte e cinco anos na rede pública de saúde no Rio de Janeiro, conta de forma lúdica episódios divertidos do cotidiano de uma criança hiperativa. Além de ser uma leitura agradável para todas as crianças, o livro ajuda aquelas muito agitadas e distraídas a se verem de uma forma mais positiva. Segundo o Dr. Miguel Chalub, deve ser lido também por pais, professores, pedagogos, médicos, pediatras, psiquiatras e psicólogos infantis.” 

1 joão agitadão.jpg

Livro: João Agitadão
Autora: Moraes, Lia de Paula
Editora: Mauad
ISBN: 9788589862325
Ano: 2010

O livro pode ser adquirido no site da Editora Mauad ou nas principais livrarias do país!


 

Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção à sua direita “Seguir Psicologia Acessível” e receba os posts em seu e-mail!

facebook_like_logo_1  Instagram-logo-full-official  twitter1 pinterest_logo


10516729_1448233238791949_8127215912485502492_n

Sobre a autora:

Ane Caroline Janiro – Psicóloga clínica, idealizadora e editora do Psicologia Acessível.
CRP: 06/119556

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

 

Quais temas você gostaria de ver aqui no Psicologia Acessível? Envie a sua sugestão pelo formulário abaixo (não divulgaremos seus dados):

 

5 opiniões sobre “[Dica de Leitura] “João Agitadão” e um outro olhar sobre “hiperatividade””

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s