Entendendo a Esclerose Múltipla (EM)


Por: Ane Caroline Janiro

A Esclerose Múltipla (EM) é uma doença crônica do sistema nervoso central. Ela afeta o cérebro e a medula espinhal, interferindo no controle de funções tais como: caminhar, enxergar, falar, urinar, entre outras.

Segundo a ABEM (Associação Brasileira de Esclerose Múltipla), cerca de 35 mil pessoas tem Esclerose Múltipla hoje no Brasil, sendo predominante em pessoas de 20 a 50 anos de idade e em mulheres.

A ABEM ressalta ainda alguns tópicos sobre a Esclerose Múltipla, que é uma doença neurológica e:

NÃO é uma doença mental;

NÃO é contagiosa;

NÃO é suscetível de prevenção;

NÃO tem cura e o seu tratamento consiste em atenuar os sintomas e desacelerar a sua progressão.

Sua causa ainda é desconhecida e por isso as formas de prevenção também. Foi descrita pelo Neurologista francês Jean Martin Charcot, que inicialmente a denominou como “Esclerose de Placas”. Por lesar a Bainha Mielina (demonstração no vídeo abaixo), é chamada também de “Doença Desmielinizante”, prejudicando a neurotransmissão.

Alguns sintomas comuns à Esclerose Múltipla estão ligados a dificuldades de fala e deglutição, fadiga, transtornos cognitivos (como memória e execução de determinadas tarefas), transtornos emocionais (sintomas depressivos, ansiosos, irritabilidade e outros), disfunções urinárias e intestinais, transtornos visuais (visão dupla ou embaçada), problemas de equilíbrio e coordenação, rigidez muscular, formigamento e algumas disfunções sexuais (disfunção erétil nos homens, diminuição da lubrificação vaginal nas mulheres, comprometimento da sensibilidade da região genital).

No vídeo abaixo há uma explicação didática sobre a Esclerose Múltipla e seus sintomas:

Além dos profissionais descritos no vídeo, que são essenciais no tratamento, um psicólogo também poderá ajudar muito a lidar com a Esclerose Múltipla, desde o diagnóstico até as demais etapas da doença.

Referências:
ABEM (Associação Brasileira de Esclerose Múltipla)
Vídeo: TV Saúde (Aprovado por Sanne Stravens)


 

Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção à sua direita “Seguir Psicologia Acessível” e receba os posts em seu e-mail!

facebook_like_logo_1  Instagram-logo-full-official  twitter1 pinterest_logo


10516729_1448233238791949_8127215912485502492_n

Sobre a autora:

Ane Caroline Janiro – Psicóloga clínica, idealizadora e editora do Psicologia Acessível.
CRP: 06/119556

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

 

Quais temas você gostaria de ver aqui no Psicologia Acessível? Envie a sua sugestão pelo formulário abaixo (não divulgaremos seus dados):

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s