Garrafas Sensoriais – Veja como fazer


Por: Psicóloga Ane Caroline Janiro

Como demais recursos que já foram citados no Psicologia Acessível, as Garrafas Sensoriais são materiais também inspirados no Método Montessori (Pedagogia Montessoriana, criada por Maria Montessori no início dos anos 1900 para ajudar a educar crianças mais pobres em sua cidade na Itália. Leia mais neste link.) Já falamos por aqui dos elementos que compõem o Quarto Montessoriano e também do Pote da Calma.

E esta se trata de mais uma forma simples e barata de recurso a ser utilizado na estimulação de bebês. Com estas garrafas é possível trabalhar a concentração, a percepção visual, tátil, sonora e as habilidades motoras. Por isso são chamadas de “sensoriais”, pois estimulam os “sentidos”, relativos ao “sistema sensorial”.

A partir dos 6 meses de idade os bebês, geralmente, conseguem se interessar bastante pelas garrafas e assim a brincadeira pode ser bem produtiva e de muita diversão para eles.

Muito mais do que um estímulo aos sentidos, essas garrafas auxiliam o bebê a trabalhar sua criatividade!

Como fazer uma Garrafa Sensorial:

O principal material desta atividade é a garrafinha de plástico com tampa (um material resistente e ao mesmo tempo seguro para os bebês). O que irá dentro da garrafa depende dos materiais disponíveis em casa ou da criatividade de quem irá confeccionar, pois há muitas possibilidades. Algumas delas:

  • Pedaços de tecido/barbante/cadarço coloridos;
  • Botões coloridos;
  • Grãos de feijão/milho;
  • Brinquedos em miniatura;
  • Água com corante alimentício e lantejoulas/glitter;
  • Pompons coloridos;
  • Pedaços de giz/giz de cera coloridos, etc.

É interessante confeccionar várias garrafinhas e variar os materiais, pois cada um deles irá representar estímulos distintos, por exemplo: os grãos de feijão são ótimos estímulos auditivos, o glitter e as lantejoulas são estímulos visuais. Além disso, pela curiosidade em explorar os itens na garrafa, o bebê irá manuseá-la, o que significa uma estimulação tátil.

Atenção: é preciso ter muito cuidado ao confeccionar este material, pois possui peças pequenas que podem ser engolidas caso o bebê consiga tirá-las da garrafa. Então feche muito bem! Se possível passe por dentro da tampa, cola de alta aderência ou cola quente.

garrafinha-sensorial-2
Foto: maternarebrincar.wordpress.com
Rainbow-Sensory-Bottle_Musical-Shaker-8.jpg
Foto: Catraca Livre
sensory bottles 12
Foto: plainvanillamom.com
garrafa-sensorial-maternal-creche-bercario
Foto: pragentemiuda.org

 

Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção à sua direita “Seguir Psicologia Acessível” e receba os posts em seu e-mail!

facebook_like_logo_1  Instagram-logo-full-official  twitter1 pinterest_logo


 

 

12009753_1145254608837345_2914420128489159683_n


Sobre a autora:

Ane Caroline Janiro – Psicóloga clínica, idealizadora e editora do Psicologia Acessível.
CRP: 06/119556

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

 

 

 

2 comentários em “Garrafas Sensoriais – Veja como fazer”

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s