Dicas de Filmes Inclusão Psicologia e Deficiências

[Dica de Filme] “A Linguagem do Coração”

Este é um filme que aborda o tema da deficiência, discutindo como é possível ocorrer a inclusão quando há empenho e a crença de que este é um caminho viável.

Por: Psicóloga Ane Caroline Janiro

Este é um filme que aborda o tema da deficiência, discutindo como é possível ocorrer a inclusão quando há empenho e a crença de que este é um caminho viável.

A personagem principal, é cega e surda – e aqui cabe uma curiosidade: a atriz que a interpreta (Ariana Rivoire) é realmente surda e parcialmente cega, o que torna a interpretação muito mais intensa.

Uma das reflexões que o filme nos traz é de que a pessoa com deficiência precisa ser protagonista de sua própria vida, e não focando apenas em suas limitações, mas que é possível ir além. Para isso, a história também nos mostra a importância de pessoas que estejam empenhadas neste objetivo e atuem para que esta inclusão seja praticada.

O filme está em exibição nos principais cinemas do Brasil.

Sinopse:
“Final do século XIX, França. Marie Heurtin (Ariana Rivoire) é uma moça que nasceu cega e surda. Vivendo em seu próprio mundo, sem conseguir se comunicar, o pai dela a manda para um convento que cuida de crianças surdas. Entretanto, devido à falta de condições para tratá-la, a madre superiora (Brigitte Catillon) a recusa. Graças à insistência da freira Marie Margueritte (Isabelle Carré), que diz que pode cuidar dela apesar de seu problema de saúde, a madre superiora volta atrás em sua decisão. Só que fazer com que Marie aprenda questões básicas de higiene e convívio com outras pessoas não é uma tarefa nem um pouco fácil.”
Fonte: Adoro Cinema

Assista ao trailer:

Informações técnicas:
“A Linguagem do Coração” (“Marie Heurtin”)
Lançamento: 17 de março de 2016
Direção: Jean-Pierre Améris
País: França


 

Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção à sua direita “Seguir Psicologia Acessível” e receba os posts em seu e-mail!

12009753_1145254608837345_2914420128489159683_n


Sobre a autora:

Ane Caroline Janiro – Psicóloga clínica, idealizadora e editora do Psicologia Acessível.
CRP: 06/119556

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

4 comentários

  1. na escola onde trabalho, temos uma garota surda e cega. O pouco que se comunica conosco foi desenvolvido pela professora Cidinha. Acho um trabalho lindo que ela faz com sua pupila. Nesse filme, em muitos momentos, senti paralelos com nossa garotinha. Excelente abordagem do tema.

    Curtir

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s