Viktor Frankl: A descoberta de um sentido no sofrimento


Por: Ane Caroline Janiro

Viktor Frankl é um dos referenciais mais importantes da Psicologia Humanista Existencial. Suas ideias sobre a busca de sentido, bem como sobre o adoecimento resultante do vazio existencial me parecem a cada dia mais atuais e verdadeiras. Alguns dados biográficos interessantes sobre o autor: Frankl, que era judeu, sobreviveu a quatro campos de concentração na segunda guerra mundial. Grande parte de sua família foi dizimada nesta mesma época. Uma das ideias mais fundamentais de sua teoria, que ele pôde comprovar na própria pele, é que o sentido pode ser encontrado mesmo em situações de extrema limitação e sofrimento. Para aqueles que têm interesse em conhecer suas ideias, Frankl é bem didático nessa entrevista.” – Via: Psicologia Humanista-Existencial

A partir de suas experiências, Frankl fundou a “Logoterapia”, teoria na qual foram descritas estratégias para lidar com os momentos de crise, o que pode ser conhecido em seu livro: Em Busca de Sentido (saiba mais neste link).

Abaixo, assista à entrevista ‘A descoberta de um sentido no sofrimento’, com Viktor Frankl:


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção à sua direita “Seguir Psicologia Acessível” e receba os posts em seu e-mail!


12009753_1145254608837345_2914420128489159683_n


Sobre a autora:

Ane Caroline Janiro – Psicóloga clínica, idealizadora e editora do Psicologia Acessível.
CRP: 06/119556

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

3 opiniões sobre “Viktor Frankl: A descoberta de um sentido no sofrimento”

  1. O texto “VIKTOR FRANKL: A DESCOBERTA DE UM SENTIDO NO SOFRIMENTO” me ajudou a compreender como vivenciar as situações cotidianas e lidar com momentos de crise. Pelo que entendi, o autor, fundador de logoterapia, tem as histórias comoventes, onde teria maturidade e esperança, mas sobreviveu aos quatros campos de concentração. No entanto, ele queria que nós estejamos ter busca pelo sentido. Acredito que o que fazia com que ele escreveria esse livro foi experiências muito fortes na segunda guerra mundial. Portanto, aprendemos seguir as estratégias feitas por ele para discernir o sentido de vida, pois ele é um dos referenciais mais importantes de Psicologia Humanista Existência, é naturalmente humano. Então estou de parabéns por que Psicologia Acessível divulgou esse texto de importância para mim.

    Curtir

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s