Trace suas metas para 2017, começando por onde? Por dentro!


Por: Ana Rafaela Bispo da Costa

O fim do ano se aproxima e é hora de refletir sobre o fechamento de um ciclo. Nessa época do ano as pessoas expressam o que sentiram, os acontecimentos, mandam mensagens dizendo os amigos que querem manter.

Com certeza você já se deparou ou já vivenciou alguma dessas situações.

E acredito que não seja à toa que os ciclos tenham um começo e um fim, pois todas as vezes se percebe que há um tempo para fazer as coisas, a sensação de que o tempo não é ilimitado e, que por isso, as escolhas devem ser bem feitas.

E realmente é assim, a vida torna-se interessante por você nunca saber exatamente o que virá ou quanto tempo tem.

Na psicoterapia há um espaço enorme de reflexão, você vai até lá todas as semanas e durante uma hora se propõe a refletir sobre sua vida e suas escolhas. Sai de lá refletindo e passa a semana se recordando de uma colocação ou outra de seu terapeuta e de insights que teve que mudaram muito seu jeito de ver as coisas.

Quem já está nesse processo sabe o quanto é valoroso e o quanto se ganha em refletir sobre o próprio comportamento.

Então, nesse finalzinho de ano, proponho que você inicie essa reflexão, mesmo que não em terapia, comece a pensar no ano que passou, o que você fez de melhor, o que pode ainda melhorar, o que espera e vai buscar no próximo ano. Aproveite esse ciclo que se finda para refletir o próximo. Tente exercitar:

  1. De tudo que deu “errado” ou não saiu como planejado, qual aprendizado você teve?
  2. O que aconteceu de inesperado que você pretende levar para o próximo ano?
  3. O que você considera que amadureceu em você e com certeza levará?
  4. O que ainda precisa mudar em seu comportamento? Quais atitudes estão prejudicando você e seus relacionamentos?

Agora sim!! Agora que olhou para si mesmo, diante do cenário que encontrar, trace suas metas para o próximo ano e vá em busca. Não só metas financeiras ou materiais, mas acima de tudo, metas pessoais.

Ter objetivos é o primeiro passo para iniciar a caminhada e alcançá-los. Mas não se esqueça de olhar para os lados nessa caminhada, de apreciar o caminho, de observar o seu comportamento durante a trajetória. Não se esqueça de apreciar a companhia das pessoas que aparecerão e de ser grato as que se forem. Não olhe só para frente, olhe ao seu redor e aproveite.

Porque se sentir bem consigo mesmo, é a maior meta de todas, e também a mais complexa, mas quando alcançada gera uma satisfação indescritível. Então experimente.

Imagem: Pinterest

Colunista: Ana Rafaela Bispo da Costa
CRP: 06/95603

Psicóloga pela UMESP
Pós Graduada em Especialização em Informática em Saúde pela UNIFESP
trabalha no auxílio ao desenvolvimento de crianças e adolescentes e suas famílias,
atuando na região do ABCD
Contatos:
(11) 982172197
ana_rafaela_24@hotmail.com

anacosta.psicosaude@hotmail.com
Facebook: Infância e Adolescência e os seus desafios na Família

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


PNG - ONLINE IMAGE EDITOR - Copia.png

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

Uma opinião sobre “Trace suas metas para 2017, começando por onde? Por dentro!”

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s