Janeiro Branco [Psicologia Acessível]


Por: Leonardo Domingues

Poucos já ouviram falar na campanha Janeiro Branco, pois trata-se de um movimento que teve início em 2014, buscando promover a reflexão sobre saúde mental e emocional.
Mas por que Janeiro? Muitos acreditam que Janeiro é o mês de mudanças e novos começos, sendo uma boa oportunidade para buscar a saúde mental, já o branco simboliza um papel em branco, no qual podemos escrever e pintar uma nova história da saúde mental sem tabus e preconceitos. O lançamento oficial inicia-se no dia 10 de janeiro.

Falar sobre saúde mental ainda é um tabu na nossa sociedade, é como se adoecêssemos somente fisicamente. Os casos de depressão, ansiedade, fobias, pânico, tem crescido consideravelmente e somente quem sofre com algum desses transtornos sabe a importância em falar sobre o assunto.

Muitas pessoas acham que é “coisa de louco” ir ao psicólogo, muito disso se dá pela herança que a higienização mental e os manicômios deixaram, onde os “loucos” deviam ser isolados para que não incomodassem a sociedade, isso fez com que as pessoas tivessem medo de um dia ter qualquer problema mental. Já para o psicólogo a herança foi de que a sociedade distorceu o papel do psicólogo, acreditando que nossa função é de cuidar de loucos e nada mais.

O tabu de achar que psicoterapia é coisa de louco afasta as pessoas da saúde mental e ajuda psicológica. A saúde psicológica é tão importante quanto a saúde física.

– Quantas vezes você já ouviu ou até mesmo falou: “eu não preciso de psicólogo”? Como se psicólogos fossem sua última escolha no mundo ou até mesmo que psicólogos fossem pessoas que contestariam algum tipo de loucura que nem você saiba. Psicólogos não são bicho-papões, não estamos aqui para caminhar à sua frente mostrando o caminho, nem mesmo atrás vendo se estão caminhando certo sobre seus problemas. Psicólogos seguem ao seu lado, ajudando a compreender os buracos, subidas, descidas e mostrando a beleza da paisagem que muitas vezes você não enxerga durante a caminhada, pois o caminho se faz caminhando.

Psicoterapia é uma semente onde plantamos, regamos e damos amor e carinho para que floresça forte e feliz.

Imagem: Divulgação Leonardo Domingues

Colunista:

Leonardo Domingues
CRP 06/133444

Formado pela UNIARA, é Psicólogo Clínico e atende em Jaboticabal/SP na Rua Floriano Peixoto, 1517 – Centro.
É escritor e cartunista.
Contatos:
WhatsApp: (16) 99775-6457
Instagram: @leonardo_psi
E-mail: leonardo.psico@terra.com.br

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


PNG - ONLINE IMAGE EDITOR - Copia.png

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s