Por que relacionar-se é tão difícil e tão necessário?


Por: Amanda Santos de Oliveira 

Desde o nosso primeiro suspiro, somos seres relacionais, não é mesmo? É impossível se lembrar de algum evento em que você esteve completamente sozinho fisicamente ou emocionalmente. Mesmo que, na ocasião do seu nascimento, não houve tantos ao seu redor, posso te garantir que ao menos uma intervenção de outra pessoa você teve, ou a sua mãe não estava lá?

A partir do primeiro suspiro já começamos a tecer, mesmo que involuntariamente, uma imensa gama de relações das mais simples às mais complexas. Mas, quantas dificuldades encontramos no caminho! Seja com nosso primeiro círculo social (a família) ou com os demais que vieram a surgir, estamos sempre tropeçando quando o assunto é relacionamento. Mas porque é tão difícil relacionar-se de forma saudável e assertiva durante a vida? Veja abaixo algumas características que podem te ajudar a desvendar esse mistério.

 Felicidade e Bem-Estar Psicológico

Se você está em busca da felicidade, saiba que o bem-estar psicológico é muito importante para se chegar a essa realização pessoal. Mas, você sabia que para garantir o bem-estar é preciso manter um relacionamento positivo com outras pessoas? Pois é isso que os autores Siqueira e Padovam (2008) [1] apresentam em seus estudos. De acordo com os mesmos, manter bons relacionamentos é tão importante quanto a auto aceitação, a autonomia e o propósito de vida por exemplo. Ainda, as pessoas capazes de manter tais relacionamentos ditos como positivos são aquelas que possuem fortes sentimentos de empatia e afeição pelos seres humanos, capacidade de amar fortemente, manter amizade e identificação com o outro. Se você leu isso e achou que a prática é fácil, você precisa me ensinar como se faz, porque pra mim a teoria é linda, mas no cotidiano, agir dessa forma é bem difícil.

Mas, você já pensou que o caminho para a sua felicidade passava por isso? Pois é isso mesmo! Não só nos causará incômodo ter uma visão negativa sobre o mundo e as outras pessoas, mas simplesmente será uma pedra no nosso sapato na jornada da felicidade. Então de nada adianta você ter um excelente trabalho e uma saúde de ferro se não conseguir manter bons e saudáveis relacionamentos durante a sua vida.

A ética em cena!

A partir das relações surge uma das nossas principais dificuldades: lidar com diferenças. Portanto, questões éticas se instauram a partir do relacionamento com tais diferenças. Segundo Costa (2003)[2] é nessa intrincada rede de relacionamentos que integra nossas vidas que se inicia a dimensão ética. Isso porque nas relações toda lei, seja ela moral ou jurídica, regulará as relações inclusive naquelas em que um outro é quem a impôs.

Então este será um encontro de duas pessoas de convicções diferentes, princípios éticos e morais diferentes e, muito provavelmente, costumes diferentes. Mas, nem sempre lidamos com tais questões da maneira mais fácil não é? Portanto, agir de maneira assertiva em situações de conflito ou em contexto de encontro de visões de mundo diferentes será uma tarefa frequente.

Necessidades, às vezes, escondidas!

Por trás dessas relações existem muitas expectativas e demandas que nem sempre são conhecidas por você. Além daquelas necessidades que são mais usuais, como busca por afeto ou aceitação do grupo, podem existir também desejos muito individuais que você está buscando suprir no lugar errado.

Esta é uma das principais questões quando falamos, por exemplo, de relacionamentos amorosos. Isso porque a própria busca de um parceiro, ou seja, mesmo antes de estabelecermos um relacionamento, já estamos em busca de ideais que construímos com nossas experiências anteriores. O problema nisso é que nem sempre as nossas experiências anteriores podem servir de base para como vamos lidar com as nossas novas relações. Outro problema é que podemos estar projetando faltas e desejos em uma pessoa que não tem a responsabilidade de supri-las. Aí é que fica muito pesado para um dos dois. Tornar-se consciente dessas questões também não é uma tarefa fácil e para ela, você precisará de ajuda.

Então…

Viu só como é difícil? Bom, que era difícil provavelmente você já chegou aqui sabendo, mas quero que saia daqui com uma dica: manter bons relacionamentos faz bem. Você estará muito melhor com o mundo e consigo mesmo se tiver boas pessoas te cercando de apoio para continuar. Agora, se sua vida está cheia de relacionamentos tóxicos que não te fazem bem, está na hora de repensar e colocar sua saúde física e mental, em primeiro lugar.

Referências

[1] COSTA, Wellington Soares. Humanização, relacionamento interpessoal e ética. In: Caderno de Pesquisas em Administração, São Paulo, v. 11, nº 1, p. 17-21, janeiro/março 2004. Disponível em: <http://www.unifal.com.br/Bibliotecas/Artigos_Cientificos/HUMANIZA%C3%87%C3%83O,%20RELACIORELACIO%20INTERPESSOAL%20E%20%C3%89TICA.pdf&gt;. Acesso em 02 de março de 2017.

[2] SIQUEIRA, Mirlene Maria Matias; PADOVAM, Valquiria Aparecida Rossi. Bases teóricas de bem-estar subjetivo, bem-estar psicológico e bem-estar no trabalho. In: Psicologia – Teoria e Pesquisa; 2008. Vol. 24, n.2. p.201-209. Disponível em: <http://www.scielo.br/pdf/ptp/v24n2/09&gt;. Acesso em 02 de março de 2017.

Imagem capa: Pinterest

Colunista:

Amanda Santos de Oliveira
CRP 04/43829

Psicóloga Graduada pela PUC Minas, atuante na área clínica em Belo Horizonte, oferecendo psicoterapia individual para adultos
Contatos:
psi.amandaoliveira@gmail.com
Facebook: facebook.com\psi.amandaoliveira
Instagram: @psicologabh

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


PNG - ONLINE IMAGE EDITOR - Copia.png

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

 

 

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s