Criança desobediente: o que você deve saber para estabelecer limites


Por: Ana Rafaela Bispo da Costa 

Você já sentiu isso? Aquela necessidade de proibir ou negar algo, mas ao olhar aquela carinha não conseguiu?
Aí pensou ‘porque devo privar meu pequeno? Porque dizer não se já ouvi tantos na vida?’

Dizer não, não é fácil.

Porém, é importante pensar que o não trará a possibilidade daquela criança lidar com frustração, entender o que são os limites e ter facilidade quando precisar enfrentar as negativas dadas pela vida.

Assim encontro tantos pais e cuidadores com extrema dificuldade em colocar limites. Não é incomum ouvir relatos ou presenciar casos de crianças fazendo birra em público ou desobedecendo aos pais.

Interessante notar o quanto tem sido difícil impor limites, isso pode ser devido a vários fatores como o novo modelo de estrutura familiar, pais que trabalham cada vez mais, gerações anteriores educadas à base de disciplina muito rígida que anseiam não fazer o mesmo ou, simplesmente, por dó da criança.

No entanto, acredito que essa transição seja importante, pois chegar a um equilíbrio onde a criança possa se desenvolver de forma a respeitar limites e ao mesmo tempo ter liberdade seria ideal.

Só que na prática isso é bem mais difícil do que pode parecer. Por isso, o primeiro passo seria os pais ou responsáveis terem em mente o porquê é tão importante estabelecer regras e dizer não às crianças.

Para facilitar, em uma definição da palavra ‘limite’ encontrei o seguinte: “o que determina, marca os contornos”. Achei a definição perfeita quando se trata de crianças, pois são seres em formação e desenvolvimento e são os limites colocados agora que irão determinar parte de sua postura no mundo, são esses limites que marcarão os contornos do adulto que esperamos no futuro.

Os limites são importantes para o convívio em sociedade, para o amadurecimento, para o desenvolvimento no trabalho e para a própria superação de limites.

Ou seja, dizer não é necessário, é fundamental.

Entendo que a principal dificuldade de impor regras e limites não está na criança, mas no adulto, que por não entender as motivações, acaba não conseguindo agir de maneira a dar o que é melhor para o futuro da criança.

É preciso que haja razões para o SIM e também para o NÃO. É assim que as crianças aprendem e absorvem boa parte do que levarão para a vida.

Portanto, reveja suas atitudes e perceba quais as suas motivações e dificuldades, para conseguir ter firmeza e regras claras, afinal educar é tarefa árdua que exige empenho diário. E caso a situação tenha saído do controle, busque ajuda de um profissional, que com seu preparo, técnicas e neutralidade, consegue visualizar a situação de forma diferenciada e apoiar nas mudanças necessárias para a correção de comportamentos.

Imagem capa: Pinterest

Conheça e adquira o E-Book Seu filho não obedece? Saiba como estabelecer limites e regras.

ebook ana rafaela insta.jpg

Compras através do link: E-Book Seu filho não obedece? Saiba como estabelecer limites e regras.”

Colunista:

Ana Rafaela Bispo da Costa
CRP: 06/95603

Psicóloga pela UMESP
Pós Graduada em Especialização em Informática em Saúde pela UNIFESP
trabalha no auxílio ao desenvolvimento de crianças e adolescentes e suas famílias,
atuando na região do ABCD.
Contatos:
(11) 982172197
ana_rafaela_24@hotmail.com

Facebook: Tempo de Aprender-se
Site: tempodeaprenderse.wixsite.com/tempodeaprenderse

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


PNG - ONLINE IMAGE EDITOR - Copia.png

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s