Internet: uma nova forma de poder


Por: Kerollayne Morais Araújo

Atualmente o advento da internet e a explosão de tantas redes sociais vem causando um processo muito preocupante do poder mascarado, os sujeitos estão cada vez mais colocando em pauta o livre-arbítrio e desconsiderando a responsabilidade advinda do uso do mesmo.

Conhecida como “terra de ninguém”, a internet é um mundo onde qualquer pessoa pode fazer uso, no entanto, esse uso muitas vezes desenfreado pode provocar prejuízos tanto na própria pessoa, quanto em quem está lendo aquele conteúdo postado/divulgado.

Estamos vivendo uma geração repleta de pessoas frustradas e impotentes que se utilizam da agressividade para atingir um grupo específico. Devido ao fato de existir ainda a necessidade de se mostrar superior ao outro mediante o uso de xingamentos e ofensas, existe a necessidade iminente de conseguir atenção, de status a partir de curtidas e comentários. As discussões construtivas não mais são pré-requisitos para uma boa comunicação, agora as palavras de ordem são: IMPOR, BRIGAR, OFENDER, ATINGIR.

A internet não é negativa, ela por si só não traz prejuízos, mas o mau uso a faz ser vista dessa forma muitas vezes. Podemos citar como exemplo a questão política pela qual o nosso país está passando, onde esquerda e direita parecem ser os nomes de dois partidos políticos construídos socialmente através dos tempos e o fato de haver essa imposição para que cada um se posicione a favor de um destes é o que provoca várias e conturbadas formas de relação e disseminações do poder.

Infelizmente em vários casos as pessoas tomam como base apenas o que a mídia expõe e se transformam em meros reprodutores da informação, existe a falta de interesse em buscar entender, pensar e repensar a história da humanidade. A internet amplifica o poder das pessoas, as deixa empoderadas e aptas a impor verdades que elas mesmas disseminam, são comportamentos desviantes, movidos a preconceitos, estigmas e estereótipos que causam dependência. Os sujeitos dotados dessa frustração e impotência passam por um processo viciante onde veem nesse meio social uma forma de conseguir ser o que em tese foram impedidos, seja por uma construção familiar deturpada ou por se enxergarem enquanto vítimas de uma sociedade excludente, muito embora eles mesmos passem a agir de forma a excluir grupos ou minorias apenas para se sentirem superiores.

A psicologia da internet vem justamente explicar como a internet tem o poder de mudar as pessoas e fazer com que elas modifiquem tanto o seu comportamento, transformando a dinâmica da personalidade humana, intensificando os desejos inconscientes de se colocar em posição de cometer ações muitas vezes delituosas, fato que não ocorreria na vida pessoal em alguns casos. Existe nela a facilidade de se desviar de situações complicadas, de construir grupos com pessoas que comunguem com os seus pensamentos, associado ao fato de que muitos encaram as fortes ações como meras brincadeiras sem teor prejudicial.

Desta forma, as facilidades vistas no meio virtual influenciam consideravelmente o fator pessoal e social, constroem sujeitos mascarados pelas diversas formas de poder advindas do uso desenfreado.

Imagem capa: Pinterest

Kerollayne Morais Araújo

Graduada em Psicologia
pela Faculdade Santa Maria, Cajazeiras-PB

Pós-graduanda em Saúde Mental
pela Universidade Regional do Cariri (URCA)

Contatos:
e-mail: kerollaynemorais@outlook.com
Instagram: @fazendoapsicologia

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


PNG - ONLINE IMAGE EDITOR - Copia.png

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

 

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s