Você é uma mãe bem resolvida? Saiba como se descobrir no papel materno


Por: Ana Rafaela Bispo da Costa 

Você é feliz?

Muitas pessoas procuram essa resposta a vida toda, tentando encontrar uma fórmula. Por vezes associando felicidade a realizações pessoais e materiais.

Você já se sentiu assim?

Para quem está no período escolar o conceito de felicidade está relacionado ao fato de conseguir boas notas e passar o ano. Alguns precisam escolher uma profissão, uma universidade a cursar. Quem consegue isso provavelmente se sente satisfeito. Então, o próximo passo é passar no vestibular. Nesse momento entrar na faculdade é o ápice da felicidade. Até chegar o primeiro boleto.

Brincadeiras a parte, entrar foi até fácil, difícil agora será passar nas matérias, não carregar nenhuma DP e conseguir o diploma.

Aí a felicidade fica fácil. É só ingressar na carreira, ser bem sucedido, fazer o que gosta, conquistar seu AP, seu carro e casar. Não é?

Não, não é.

Embora essa descrição se pareça muito com a vida de muita gente não é bem assim que as coisas são. As pessoas tem sido educadas a seguir um caminho parecido com esse aí, mas isso significa garantia de felicidade?

Às vezes, no processo, você teve um filho, ou decidiu que não ia cursar faculdade e foi para o exterior trabalhar, fazer intercâmbio e conhecer novas culturas. Tem aqueles que depois de cursar todo esse trajeto, percebem um vazio, refazem suas prioridades, largam tudo e decidem ir para lugares mais afastados na ânsia de viver melhor.

Por isso, felicidade não tem receita. Você não precisa fazer o que todo mundo faz para ser feliz, nem fazer tudo diferente.

O que você precisa é entender o que te faz feliz, se conhecer, perceber o que você gosta e o que é importante para sua vida. Vou ousar aqui e dizer que para ser feliz é só você ser íntegro com você mesmo! Acho que esse é o melhor caminho.

Quando você é íntegro consigo é como se você vivesse constantemente em paz. Você não se agride para agradar aos outros, muitos menos para atender expectativas sociais, vive melhor e em conseqüência é um pessoa melhor.

Pensando nesse conceito de felicidade eu gostaria de trazer a discussão para o campo da maternidade.

Quantas mães não conseguem entender muito bem seu papel, ou não sabem o que fazer, ou não são bem resolvidas na hora de conciliar trabalho, relacionamento, família e vida individual?

Não é nada fácil ser dona de tantos papéis, mas é com certeza, algo recompensador.

O que acontece muitas vezes é que muitas mães que tenho contato se sentem tristes, incapazes de lidar com os filhos, maridos e problemas do dia a dia.

E qual será o reflexo disso para a felicidade dos pequenos?

Se aquela mãe não tem sido íntegra consigo mesma, inclusive ao assumir suas dificuldades e buscar ajuda, ela terá mais dificuldades em dar conta de tudo e além de se sentir impotente ainda transmitirá esses sentimentos aos filhos.

É por esse motivo que é tão importante se cuidar, ter um tempo de lazer INDIVIDUAL, conseguir ter plena consciência do que gosta e do que não gosta na maternidade, e aprender a lidar com isso. É preciso muita coragem para assumir tudo isso e buscar ser uma pessoa bem resolvida.

Dá trabalho ser “bem resolvida”, seja quando você é mãe ou não.

Demanda muita reflexão e mudanças para sair da zona de conforto, que como disse um cliente outro dia, está mais para zona de estagnação do que de conforto, ou outro que disse que a zona de conforto não tinha nada de confortável. Seja o que for dá muito trabalho sair de lá.

E aqui eu te pergunto:

Você está disposta a ser mais feliz?

Você está disposta a ser mais íntegra com você e seus princípios?

Qual o preço você está disposta a pagar?

Eu te ajudarei nessa caminhada e vou te dizer como.

Além dos benefícios que você consegue fazendo a psicoterapia, há outras formas de buscar essa integridade e autoconhecimento. Uma delas é através de palestras.

Por isso, aceitei logo de cara ser palestrante em um Congresso que se chamará “Mães bem resolvidas, filhos felizes” e te convido a participar também.

O congresso contará com vários profissionais da área em diversas palestras que te auxiliarão nos desafios diários.

O melhor de tudo? Será totalmente gratuito e online.

Quer encontrar a felicidade? Então vem com a gente.

Imagem capa: Pinterest


*** CONGRESSO ONLINE GRATUITO ***
Ana Rafaela B. da Costa será palestrante no Primeiro Congresso online “Os Segredos Maternos, Mães bem resolvidas filhos felizes”.
O congresso contará com a participação de diversos profissionais abordando vários temas da maternidade e paternidade, inclusive eu falarei especialmente sobre a Participação dos Pais.
WhatsApp Image 2017-08-26 at 14.47.59.jpeg
Será totalmente online e gratuito.
Garanta já sua inscrição no link abaixo.

Colunista:

Ana Rafaela Bispo da Costa
CRP: 06/95603

Psicóloga pela UMESP
Pós Graduada em Especialização em Informática em Saúde pela UNIFESP
trabalha no auxílio ao desenvolvimento de crianças e adolescentes e suas famílias, 
atuando na região do ABCD.
Contatos:
(11) 982172197
ana_rafaela_24@hotmail.com

Facebook: Tempo de Aprender-se
Site: tempodeaprenderse.wixsite.com/tempodeaprenderse

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


PNG - ONLINE IMAGE EDITOR - Copia.png

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s