É possível ser menos inseguro?


Por: Psicóloga Ane Caroline Janiro

O que está por trás do sentimento de insegurança? Normalmente o medo de ser avaliado, de não ser bom o bastante, de correr riscos, uma incerteza em relação às próprias capacidades, ao seu próprio desempenho. Essa insegurança pode afetar muito a motivação diante das escolhas, da realização de projetos e da conquista de objetivos, já que a pessoa não consegue confiar em si mesma. Isso pode ter se formado desde muito cedo na infância, através das nossas vivências, com ideias que fomos formando a respeito de nós mesmos.

O que fazer? – Aprender a trazer os seus pensamentos para o presente e para a realidade é uma das principais dicas para lidar com a insegurança. Avaliar se as suas preocupações diante de certas situações são válidas, reais e produtivas. Como? Pense na situação que te causa insegurança e questione a si mesmo: o que poderia acontecer de pior nessa situação? Caso isso aconteça, como eu poderia agir? (liste todas as possíveis atitudes que você poderia ter, as que considera positivas e as negativas e tente “ensaiar” as que considera melhores) Isso já aconteceu alguma vez? Se sim, como eu reagi? Se não, quais as chances reais disso acontecer? Quais as evidências de que essa minha preocupação é real/tem fundamentos?

Esse exercício vai te ajudar a avaliar se o que você está pensando e a forma como você se sente são válidas e a encontrar ferramentas (o que chamamos de repertório) para reagir e enfrentar a situação.

Também faz parte desse exercício aprender a controlar a ansiedade e a atenção. Uma das opções que podem contribuir bastante para isso são as técnicas meditativas, como é o caso o Mindfulness (ou, treino de atenção plena).

A insegurança também pode estar direcionada aos relacionamentos e às nossas habilidades sociais, ou seja, a forma como nos comportamos e interagimos socialmente e ser menos inseguro neste caso pode envolver um treino dessas habilidades, algo que um psicólogo pode ajudar muito.

Certo nível de insegurança é comum a todas as pessoas e, desde que isso não chegue ao ponto de interferir na qualidade de vida e te paralisar, é totalmente aceitável. Caso contrário, uma ajuda psicológica é muito válida para entender as causas e aprender a mudar a visão sobre si mesmo que tem afetado negativamente a sua vida.

Imagem capa: Pinterest

12009753_1145254608837345_2914420128489159683_n


Sobre a autora:

Ane Caroline Janiro – Psicóloga clínica, Fundadora e Administradora do Psicologia Acessível.
CRP: 06/119556

 


*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


PNG - ONLINE IMAGE EDITOR - Copia.png

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

2 opiniões sobre “É possível ser menos inseguro?”

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s