Coluna Joscelaine Lima Prevenção em Saúde Mental Saúde Mental e Emoções

Saúde mental: faz bem cuidar o ano inteiro!

Quando a saúde mental não vai bem, qualquer frustração é motivo para desistir.

Por: Joscelaine Lima

Nos últimos anos ouvimos falar bastante sobre qualidade de vida, saúde, alimentação e hábitos saudáveis, cuidados com o corpo, etc. Isto tudo é muito importante e com certeza devemos estar alertas, mas não podemos esquecer uma área crucial em nossa vida: a Saúde Mental.

Ela é tão importante e necessária em nossa vida a ponto de ter sido criada a campanha Janeiro Branco, que aconteceu durante o mês de janeiro para nos lembrar, logo no início do ano, que de nada adianta termos feito promessas de mudar, (seja a área financeira, sejam os relacionamentos, ou a decisão de fazer uma dieta e exercícios regulares) se não cuidarmos de nossas emoções, se não cultivarmos bons sentimentos e não fizermos nada em prol de nossa saúde mental.

Por isto esta campanha nasceu, para que possamos nos fortalecer, aprender mais sobre nós mesmos, termos consciência de quem somos e o que queremos, para assim sermos bem sucedidos nas demais áreas da vida. Contudo, nossa Saúde Mental e Emocional é um bem que deve ser cuidado sempre, em todos os momentos da vida devemos estar atentos ao que se passa em nosso interior, conhecendo melhor a nós mesmos e sabendo como lidar com todas as situações que nos surgem.

Quando a saúde mental não vai bem, qualquer frustração é motivo para desistir, então, se temos como meta para o ano o sucesso no trabalho, e em um dado momento acontece algo inesperado com o qual não sabemos lidar, se nossa mente e emoções estão fragilizadas, abandonamos a ideia inicial, passamos a acreditar que nada dará certo e que nunca teremos sucesso.

Esta forma de agir diante de algo que deu errado por um momento, é reproduzida em várias áreas da vida: no relacionamento conjugal, no relacionamento familiar, na dieta, etc., e o medo de fracassar nos leva a desistir no primeiro desafio, pois não estamos mental e emocionalmente prontos para arriscar, para ir além, para sair da zona de conforto e vislumbrar novos horizontes. Desta forma a situação vai se agravando e cada vez mais deixamos de acreditar em nós mesmos e na possibilidade de evoluir.

Como seres humanos somos um todo, somos biológico, social, psicológico e espirituais em um único ser e, para termos saúde de fato, todas estas áreas devem estar em harmonia e serem bem cuidadas, pois uma interfere na outra, uma precisa da outra em pleno funcionamento, porque o todo é maior que a soma das partes!

A falta de saúde mental afeta nosso organismo, seja de forma leve ou de forma grave. Existem situações em que uma dor emocional muito grande, que é difícil suportar e não encontramos alguém com que dividir, torna-se uma dor física, a qual os exames médicos não descobrem a causa.

Outras vezes não sentimos dor, mas sentimos um mal-estar, cansaço, fome, fraqueza, porque algo nos falta, a carga emocional é grande, chegando a cansar o corpo físico, nos deixando sem ânimo para nada. O oposto também acontece, deixando nossa mente agitada, acelerada, impedindo-nos de relaxar e dormir, tornando-se uma bola de neve, difícil de ser desfeita.

Além disto, a saúde mental/psíquica está relacionada com doenças mais graves, como câncer, artrite reumatoide e doenças cardiovasculares, que podem desenvolver-se por vários fatores, sejam emoções, pensamentos e sentimentos mal elaborados, comportamentos inadequados, que aconteceram em decorrência do descuido com a saúde mental.

Por estes e outros fatores devemos cuidar de nossa saúde mental, cuidar de nossas emoções, estar de bem com quem somos, buscar o autoconhecimento e a autoaceitação, pois influenciam em nossa autoestima e na saúde em geral.

Não devemos deixar para depois, não devemos cuidar de nossa saúde mental apenas em janeiro, mas, começar hoje e cuidar sempre, o ano inteiro, para termos saúde, bem-estar e sucesso em toda a vida! Devemos dedicar tempo a nós mesmos, a fazer algo que gostamos, momentos para relaxar, para rir, para evoluir! Se for preciso busque ajuda profissional de um psicólogo, não espere ser tarde demais para dar atenção ao seu eu interior, conheça-se e sejas feliz!

Imagem capa: Pexels

Colunista:

Joscelaine Lima
CRP: 12/14672

Psicóloga clínica, formada pela Universidade 
do Oeste de Santa Catarina (UNOESC) em 2015.
Atende em São Miguel do Oeste-SC.
Contatos:
Facebook.com/JoscelainePsicologia
Whatsapp: (49) 992028970

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


PNG - ONLINE IMAGE EDITOR - Copia.png

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).

um comentário

  1. Joscelaine, essa tema é muito importante para me ajudar a esforçar para manter saúde mental, psíquica e física. Segundo o médico, os exercícios físicos fazem com que todas as partes de corpo esteja bem e saudáveis. Mas além disso, fazer relacionamento bem com outras pessoas fazer saudável. Mas gostei muito de seu texto. Muito obrigado por aprender bem.

    Curtir

Deixe um comentário (seu e-mail não será publicado)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s