Coluna Cris da Rocha Reflexões

Só comigo e a solidão

Solidão é deixar de ouvir tudo que se fala lá fora, pra ouvir o que se diz aqui dentro, no coração, na mente, na alma, no Espírito, como melhor entender.

Por: Cris da Rocha

Não estou falando da solidão
Que no senso comum é tristeza,
Digo de uma solidão que a gente necessita
Pra perceber o que nos agita.
Pra perceber quando o peito grita.

Solidão que explica a minha relação
Comigo e meu eu
Que reflete o que sou e o que ainda não sei que sou.

Solidão do bem
Amém!
Solidão pra quem?
Pra mim é para quem quiser .

Corajoso precisa ser
Pra enfrentar a si mesmo,
O silêncio que pouco cultivamos
As palavras que deixamos de dizer
Por causa da aflita necessidade
De barulho ter.

Hoje encontrei a solidão
Caminhando ao meu redor
Dizia com calma, mas sem dó
Que viver não é este barulho dó.

Viver é mais que isso,
É solidão representada na descrição
De uma vida mais plena.
Solidão é você com você mesmo.

É o contato mais íntimo que você possa ter.
Solidão é deixar de ouvir tudo que se fala lá fora, pra ouvir o que se diz aqui dentro, no coração, na mente, na alma, no Espírito, como melhor entender.

Imagem capa: Pexels

Colunista

Ana Cristina Vieira de Souza
(Cris da Rocha)

São Gonçalo – RJ
Professora d0 1º ao 5º ano do Ensino Fundamental;
Formada desde 2007 em Pedagogia;
Especialização em Educação: Orientação Educacional, Supervisão e Administração Escolar, 2008;
Já atuou como Orientadora Educacional na rede pública de Ensino do Município de Itaboraí do 1º ao 9º ano;
Trabalha com crianças e adolescentes no Projeto Sala de Leitura, onde atua como professora de Literatura, estimulando crianças e adolescentes ao desejo e hábito de ler.
Atualmente é estudante do curso de Psicologia nas Faculdades Integradas – FAMATH, em Niterói.
Contato: prof-anacris@hotmail.com

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui). 

1 comentário

  1. Ana Cristina, acho que praticar a solidão é melhor para ser pacificante em relação ao mundo de problemas, porque a solidão é principalmente ouvir o que se diz dentro da alma, do coração e da mente como fosse viajante do dentro de corpo. Gostei muito desse poema, parabéns!

    Curtir

Deixe uma resposta para Tales Douglas Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: