Arquivo da categoria: Autossabotagem e Procrastinação

Como procrastinar menos?


Por: Psicóloga Ane Caroline Janiro

Será possível procrastinar menos? Como aumentar a motivação para fazer aquelas tarefas não tão prazerosas, mas necessárias?

Procrastinar é adiar intencionalmente a realização de algo que você sabe que tem que fazer, mas que não te parece tão interessante no momento – porque os ganhos advindos dessa tarefa estão muito distantes ou porque, simplesmente, ela não te agrada mesmo.

Mas é possível sim se valer de algumas dicas para procrastinar muito menos e aumentar a produtividade em relação às suas metas. Algumas delas:

Não espere estar motivado para iniciar a realização da tarefa – Um dos grandes erros que as pessoas cometem é esperarem estar com vontade de fazer algo para então iniciar a atividade de fato. Principalmente com os procrastinadores, dificilmente essa vontade aparece e então se inicia um ciclo infindável de “depois eu faço”. É importante entender que mesmo que você não esteja motivado (e ninguém fica motivado o tempo todo mesmo), precisa começar e fazer o que tem que ser feito. Às vezes, a motivação vai aparecer durante a realização da tarefa e, mesmo que isso não ocorra, a satisfação virá quando você ver que conseguiu cumprir todas as suas metas – e aí sim, os ganhos maiores virão. Então, apenas comece! A vontade te encontra no meio do caminho.

Estabeleça metas razoáveis – Quando você tenta “abraçar o mundo” a chance de ficar desmotivado e não concluir nenhuma de suas tarefas é muito alta. Tenha bom senso e foco na hora de definir aquilo que pode ser feito naquele momento, estabeleça metas possíveis de serem realizadas e vá até o fim em cada uma delas.

Divida uma tarefa demorada e complexa em partes menores (e se recompense ao concluir cada uma delas) – isso ajuda você a se sentir mais motivado, já que você pode estabelecer pequenas metas para cada atividade maior e assim conseguir enxergar mais claramente sua produtividade. Ao concluir cada meta menor, se recompense com pequenas pausas, por exemplo.

Elimine as distrações e organize seu espaço de trabalho – Durante a realização da tarefa, procure se manter longe de tudo aquilo que pode tirar seu foco, como celular, redes sociais ou TV. Além disso, um ambiente de trabalho organizado te ajuda a organizar melhor as suas ideias e a se concentrar mais naquilo que realmente importa: sua tarefa – e não a bagunça.

Essas dicas podem ajudar a tornar a disciplina um hábito e a melhorar a produtividade, mas algumas pessoas podem ter um pouco mais de dificuldade ao coloca-las em prática. Isso porque a procrastinação é algo comum a todos nós, mas para alguns ela ocorre em níveis muito mais intensos, às vezes, até mesmo se tornando crônica e provocando sofrimento, já que a pessoa não consegue organizar a sua vida, realizar as suas atividades e cumprir com os seus objetivos. Então, se você sentir que esse é o seu caso, converse com um psicólogo. Ele poderá te ajudar a diminuir a procrastinação, entendendo as razões que te levam a procrastinar e desenvolvendo com você estratégias voltadas para a sua rotina.

Imagem capa: Pinterest

12009753_1145254608837345_2914420128489159683_n


Sobre a autora:

Ane Caroline Janiro – Psicóloga clínica, Fundadora e Administradora do Psicologia Acessível.
CRP: 06/119556

 


*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


PNG - ONLINE IMAGE EDITOR - Copia.png

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).