Arquivo da tag: limites

Você tem reforçado quais comportamentos de seus filhos?


Por: Camila M. Fernandes

Talvez você nunca parou para pensar sobre isso, mas quais comportamentos dos seus filhos você tem reforçado?

Há momentos em que, mesmo sem perceber, reforçamos um comportamento inadequado dos nossos filhos, ao invés de reforçar os comportamentos merecedores de algo.

Muitas vezes a criança tem uma atitude positiva e não damos nenhum reforço, não reconhecemos, como se fosse apenas uma obrigação, quando não dizemos com todas as letras: “você não fez mais que sua obrigação”.

Quando reforçamos de forma errada?

Vou dar um exemplo:

A criança quer jogar vídeo game e você já explicou que naquele momento ela não jogará, porém mais tarde ela pode jogar. Então a criança começa a chorar, fazer “birra”, gritar e chorar. Você continua informando que não terá, e esses comportamentos pioram. Você para diminuir o escândalo (“ah tem visita em casa”), então você vai e dá o vídeo game para a criança.

Quando você cede e dá o que a criança quer, sendo que ela usou o choro, a “birra” e até mesmo escândalo para conseguir o que queria, reforçamos um comportamento inadequado, e a criança entenderá que toda vez que ela chorar, gritar entre outros, fará com que ganhe o que deseja, então usará esse artifício inúmeras e inúmeras vezes.

Isso é apenas um exemplo, mas quantos outros exemplos não temos no nosso dia a dia?
Claro que cada um tem uma vivência e rotina diferente, mas de alguma forma, esses comportamentos podem ser mais frequentes do que imaginamos.

E então…..você parou para pensar refletir quais comportamentos realmente tem reforçado em seus filhos?

O que você pode fazer para mudar isso?

A mudança tem que começar de dentro para fora. É preciso olhar para dentro de si, analisar todos os comportamentos de seus filhos e começar a pontuar quais são os que merecem ser reforçados positivamente e quais você precisa mostrar que ele está errado e precisa mudar.

Sei que lidar com escândalos e gritos do filho não é fácil. Que às vezes o cansaço domina e você cede para evitar problemas, mas na verdade você só está fazendo com que a médio e longo prazo, esses comportamentos sejam realmente um grande problema.

Mudar nunca é fácil, mas se queremos um futuro melhor, temos que começar nas pequenas atitudes.

E ai, você está disposto a fazer diferente?

Imagem capa: Pinterest

Colunista:

Camila M. Fernandes 
CRP: 06/109118

Psicóloga Clínica. Formada pela Universidade São Judas Tadeu. 
Aprimoramento Clínico na Abordagem Cognitiva pela Universidade São Judas Tadeu.
Atendimento no Tatuapé, Zona Leste de São Paulo-SP
Contatos:
E-mail: psico.camilamartins@gmail.com
Facebook.com/psicocamilafernandes

*Ao reproduzir este conteúdo, não se esqueça de citar as fontes.


Gostou deste conteúdo? Compartilhe nas redes sociais!
Cadastre-se também na opção “Seguir Psicologia Acessível”e receba os posts em seu e-mail!


PNG - ONLINE IMAGE EDITOR - Copia.png

Sobre o Psicologia Acessível (saiba mais aqui).